Joaquim Mendes – um percurso na Herdade da Contenda

Joaquim Mendes – um percurso na Herdade da Contenda 1920 1336 Herdade da Contenda

O percurso do Senhor Joaquim Mendes, ou Joaquim “Convento” como é mais conhecido acompanha a história da Contenda. A alcunha “Convento” foi, em tempos, nome da família, do Bisavô e Avô, rendeiros de um dos lotes da Contenda, nas Chadas do Convento da Tomina nos inícios do Sec. XX.

Nascido em Santo Aleixo da Restauração, em jovem trabalhou como motosserrista na condução dos povoamentos do perímetro florestal. Após a tropa emigrou para o estrangeiro onde esteve 6 anos. Na volta da Suíça, em 1985, foi convidado a ingressar na Contenda pelo então administrador Engº João Caldeira Pais, quadro dos Serviços Florestais. Logo de início, foi desempenhar funções na área da cinegética, assumindo cada vez mais responsabilidades com a aposentação dos colegas com mais anos de serviço.

Sempre se caracterizou por rigor e brio no desempenho das tarefas, tendo, por isso, construindo uma sólida reputação entre os muitos caçadores que passam ou passaram pela Contenda. Funcionário dos Serviços Florestais, esteve ainda 9 meses afastado da Contenda, em virtude de uma opção governamental, de má memória, que colocou a totalidade dos funcionários da Herdade nos “excedentes” da Função Pública.

Com a transferência da gestão da Herdade da Contenda para o Município de Moura, o Sr. Joaquim passou a ingressar os quadros municipais. O longo percurso de 37 anos só muito recentemente foi completado, com a aposentação em Maio último. As fotografias apresentadas ilustram esse percurso.

Cabe à Herdade da Contenda E.M. expressar o seu agradecimento e desejar as maiores felicidades ao Sr. Joaquim Mendes nesta nova fase da vida.